Equipe

Equipe

quinta-feira, 30 de junho de 2011

GRUPO DA PREFEITA FLAVIA GALDINO SE ESTRUTURA PARA 2012

Segundo se pode apurar nas conversas pelas ruas de Piancó, principalmente no coreto central da Praça Salviano Leite, a população acredita que a prefeita Flávia Serra Galdino vem trabalhando, com sua equipe de confiança, com vistas ao pleito majoritário e proporcional de 2012, enquanto a oposição está totalmente perdida, sem saber que rumo tomar. Porque a população pensa assim? É que nas festividades do padroeiro de Piancó, Santo Antonio, principalmente no dia 13 de junho, dia da missa, após o evento religioso os que se dizem oposição ao atual modelo gestor da prefeita Flávia Serra Galdino, seguiram caminhos direntes, sem ter aqueles famosos almoços tradicionais, que era unida toda a oposição ou na casa de Paulo Barbosa, ou lá na residência do ex-prefeito Edvaldo Caldas. E isso não aconteceu! Porque não aconteceu? Porque a insegurança da oposição é visível e ninguém quer gastar dinheiro, promovendo encontros com os que não comungam com a gestão Flávia Galdino. Isso dá margens para que a prefeita se convença de que não existe personalidades capazes de enfrentar o nome que está por vír, indicado pelo grupo da situação.

 
Os movimentos que a oposição dizem está programando com vistas as eleições de 2012, não encontra o respaldo da comunidade eleitoral. 

Segundo populares, o individualismo político das lideranças dos que hoje se dizem oposição, só fazem crescer a popularidade da prefeita Flávia Galdino que, atualmente encontra-se em busca de mais ações para o município piancoense. A oposição - se é mesmo que existe -, está fragmentada e sem rumo. Não há consenso a respeito de um nome que congregue todas as forças, a não ser o do ex-prefeito Edvaldo Caldas, que já declarou que não pretende concorrer a vaga de prefeito para substituir Flávia em janeiro de 2013. Sem opções, o nome do ex-prefeito será imposto por todos, pois não existe outro semelhante que consiga unir as forças políticas da "oposição".

Mas, há um porém diante de tudo isso... Uma informação extraoficial, deixa claro que Flávia Serra Galdino está buscando interagir junto ao ex-prefeito Caldas Leite (PTB), e oferecer a vaga de vice em sua chapa, unindo as forças mais importantes, e evitando-se um gasto exagerado de dinheiro numa eleição municipal. Edvaldo não afirma ou confirma qualquer conversa neste sentido, mas todos lembram que quando Flávia convidou Edvaldo para ir até a sua casa, o ex-prefeito não perdeu tempo e foi, em companhia do empresário Valdé Costa, conversar com a prefeita. E isso não faz muito tempo. Vários registros fotográficos, em seguida, foram colocados ao público, principalmente encontros lá na AABB na sala vip do clube dos bancários.

O mais importante diante de tudo isso é que a prefeita está correndo atrás de apoios para implodir o que resta da oposição e, se não houver qualquer reação, o candidato oficial estará sendo diplomado, seja qual for o nome escolhido pela situação, e a oposição ficará mais quatro anos esperando um milagre dos céus.

FONTE BlogdePiancó

quarta-feira, 29 de junho de 2011

ELEIÇÕES 2012 VEJA AS DATAS DEFENIDAS PELO TSE

Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite desta terça-feira (28), o calendário eleitoral referente às eleições municipais de 2012, O pleito será realizado no dia 7 de outubro, em 1º turno, e no dia 28 de outubro, nos municípios onde houver necessidade de 2º turno. O calendário traz as principais datas a serem observadas por eleitores, partidos políticos, candidatos e pela própria Justiça Eleitoral.

Em 2012, os eleitores vão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em mais de 5,5 mil municípios brasileiros.

Principais datas

Um ano antes do pleito, 7 de outubro de 2011, todos os partidos que quiserem participar das eleições devem ter obtido registro no TSE. O prazo é o mesmo para os candidatos que pretendam concorrer estarem com sua filiação partidária regularizada, e terem como domicílio eleitoral a circunscrição na qual pretendem disputar mandato eletivo.

A partir do primeiro dia do ano da eleição, os institutos de pesquisa ficam obrigados a registrar seus levantamentos. Também a partir desse dia, a Administração Pública fica proibida de distribuir bens, valores ou benefícios gratuitamente, a não ser em situações excepcionais.

Em 9 de maio termina o prazo para que o eleitor possa requerer inscrição eleitoral ou transferência de domicílio. Neste mesmo dia termina o prazo para que o eleitor com deficiência ou com mobilidade reduzida peça transferência para uma seção eleitoral especial.

As convenções para escolha dos candidatos acontecem entre os dias 10 e 30 de junho. Nesse período, emissoras de rádio e TV estão proibidas de transmitir programas apresentados por candidato escolhido em convenção.

Os registros dos candidatos podem ser feitos, pelos partidos ou coligações, até o dia 5 de julho. No dia seguinte, passa a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet (desde que não paga), entre outras formas.

Os registros dos candidatos podem ser impugnados até o dia 18 de julho, seja por adversários, partidos políticos, coligações ou pelo Ministério Público.

No dia 6 de agosto os candidatos devem apresentar à Justiça Eleitoral, para divulgação pela internet, relatório dos recursos recebidos para financiamento da campanha eleitoral: a primeira prestação de contas parcial.

A propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV começa no dia 21 de agosto, uma terça-feira.

A segunda prestação de contas parcial deve ser apresentada por candidatos e partidos políticos até o dia 6 de setembro.

A lacração dos programas-fonte, executáveis, arquivos fixos, de assinatura digital e chaves públicas, utilizados nas urnas eletrônicas, acontece até o dia 19 de setembro.

A propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV se encerra no dia 4 de outubro, três dias antes da realização do pleito. Na mesma data se encerra o prazo para propaganda mediante reuniões públicas ou comícios, e também para realização de debates nas rádios e nas TVs. No dia 5, se encerra o prazo para divulgação de propaganda paga em jornal impresso. E no dia 6, acaba o prazo para propaganda mediante alto-falantes ou amplificadores de som, bem como para distribuição de material gráfico e promoção de carreatas.

O primeiro turno acontece no primeiro domingo de outubro, dia 7.

Nos municípios onde houver necessidade de segundo turno, a propaganda eleitoral fica permitida já a partir do dia 8. A propaganda eleitoral gratuita na rádio e na TV, para o segundo turno, pode começar até o dia 13 de outubro e se estende até o dia 26. O segundo turno acontece no último domingo de outubro, dia 28.

No dia 6 de novembro acaba o prazo para partidos e candidatos – exceto os que forem para segundo turno - encaminharem à Justiça Eleitoral as prestações de contas do primeiro. Os candidatos que concorrerem no segundo turno têm até 27 de novembro para prestar contas.

O eleitor que não votar no primeiro turno tem até o dia 6 de dezembro para justificar sua ausência ao juiz eleitoral. Quem não votar no segundo turno tem até 27 de dezembro para se justificar.

A diplomação dos eleitos deve acontecer até o dia 19 de dezembro.

TSE

FIM DAS COLIGAÇÕES PROPOCIONAIS

Com 14 votos favoráveis e seis contrários, foi aprovada nesta quarta-feira (29), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), proposta de emenda à Constituição que acaba com as coligações partidárias nas eleições proporcionais. A matéria será enviada para votação em Plenário.

A proposta (PEC 40/2011) foi apresentada pela Comissão da Reforma Política do Senado e recebeu voto favorável do relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO). De acordo com o texto, são admitidas coligações apenas nas eleições majoritárias (presidente, governador, prefeito e senador).

A PEC mantém determinação constitucional que assegura autonomia dos partidos para estruturação e organização interna, prevendo em seus estatutos normas de fidelidade e organização partidária. Também mantém a não obrigatoriedade de vinculação entre as coligações em âmbito nacional, estadual, distrital e municipal.

A favor da proposta, diversos senadores argumentaram que coligações em eleições proporcionais (vereador e deputado federal, distrital e estadual) têm sido uniões passageiras, visando aumentar o tempo de propaganda eleitoral no rádio e na TV de partidos maiores e viabilizar um maior número de cadeiras por partidos menores.

No debate, diversos senadores se posicionaram pelo fim das coligações, como Demóstenes Torres (DEM-GO), Pedro Simon (PMDB-RS), Alvaro Dias (PSDB-PR), e Pedro Taques (PDT-MT), entre outros. Os parlamentares defenderam a redução do número de partidos e o fortalecimento das legendas habilitadas a funcionar no Congresso.

Os integrantes da CCJ rejeitaram emenda apresentada pelo senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), abrindo a possibilidade de união de duas ou mais legendas para formar uma federação de partidos. Valadares buscava assegurar mecanismo para que pequenos partidos consigam eleger seus representantes.

Voto em separado

O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) apresentou voto em separado pela manutenção da possibilidade de coligações partidárias nas eleições proporcionais. Para o senador, a PEC 40/2011 "conflita com o pluralismo político, um dos cinco fundamentos da República Federativa do Brasil", conforme expresso na Constituição federal. Inácio Arruda considera que o fim das coligações fere direito de associação entre partidos, previsto na Carta.

Ele argumenta que as coligações nas eleições proporcionais são necessárias para que os partidos consigam superar "excessivas cláusulas de barreira existentes".

- Não podemos aceitar que as conquistas dos partidos em termos de liberdade de se coligarem sejam retiradas. É um retrocesso - protestou Inácio Arruda. Seu voto em separado foi apoiado pelos senadores Antônio Carlos Valadares; Marcelo Crivella (PRB-RJ); Magno Malta (PR-ES); Randolfe Rodrigues (PSOL-AP); Sérgio Petecão (PMN-AC) e Eduardo Amorim (PSC-SE).

Para Sérgio Petecão, o debate na CCJ mostrou uma visão distorcida com relação às pequenas legendas.

- Não se pode dizer que tudo o que aconteceu de ruim na política foi culpa de partidos pequenos - disse, referindo-se à afirmação de alguns senadores de que a criação de legendas se presta a interesse privados.

Como foi aprovado o parecer do relator, pelo fim das coligações, a proposta de Inácio Arruda não chegou a ser votada na CCJ.

FONTE: SECOM SENADO

HOSPITAL INFANTIL DE PIANCÓ

 
     Esta em fase de acabamento faltando apenas pequenos detalhes o Hospital Infantil de Piancó. A nova unidade hospitalar terá o diferencial de ser totalmente de uso exclusivo das crianças.
Hospiatal Infantil de Piancó PBA construção desta unidade hospitalar, com recursos próprios do município, terá estrutura e atendimento adaptados para o publico alvo. A Prefeita Flávia Galdino, em entrevista, falou da satisfação em está realizando este sonho, pois, como medica pediatra, sabe da importância da obra para o município e também para toda região do Vale do Piancó, que vai poder contar com um instrumento de prevenção e tratamento das doenças infantis. “As expectativas são as melhores, a inauguração do Hospital Infantil será uma das grandes conquistas da região, Piancó é um município privilegiado quando se fala em saúde, e agora vamos buscar tornar nosso município referencia no atendimento infantil, com atendimento as crianças em um ambiente mais adequado e com maior capacidade para atender a todos que procurarem esta nova unidade hospitalar. Estamos criando um complexo de saúde, estamos dando suporte ao Hospital Regional de Piancó, com esse desmembramento de alguns setores, com isso pretendemos desafogar o atendimento do Regional e prestar um serviço mais dirigido e humanizado a todos”, declarou a Prefeita Flávia Galdino.

FONTE: BlogdePianco com Informações do pianco.pb.gov.br 

terça-feira, 28 de junho de 2011

CHEFE DO DETRAN DE COREMAS É PRESO

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nesse final de semana, o chefe do Detran da cidade de Coremas, no Sertão do Estado.

Ronaldo Toscano Lins é acusado de falsificar carteira de habilitação e se apropriar de documentos dos usuários do Órgão na cidade de Coremas.

As investigações foram comandadas pelos delegados Waber Virgulino e Jorge de Almeida.

Segundo informações da polícia, mais 30 denúncias de usuários estão sendo investigadas.

O chefe do Detran estava sendo investigado pela polícia há algum tempo.

FONTE: DIÁRIO 

DADOS DO BOLSA FAMILIA

Os Municípios precisam registrar nos sistemas dos ministérios da Educação, até 29 de junho, e no da Saúde, até sábado, 2 de julho, as informações dos beneficiários do Bolsa Família. Os dados relativos à frequência escolar, agenda de vacinação, controle de peso e pré-natal, precisam ser atualizados. As prefeituras que não encaminharem as informações deixam de receber recursos destinados pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) à gestão do Bolsa Família. O descumprimento por cinco vezes leva ao cancelamento do benefício.

O monitoramento adequado das condicionalidades pressupõe manter o cadastro atualizado e promover uma parceria entre o gestor municipal do Bolsa Família e os responsáveis pelas áreas de Educação e Saúde, além da Assistência Social.

Os beneficiários que não conseguirem cumprir as condições do programa devem ser incluídos nas atividades de acompanhamento familiar pela área de assistência social dos Municípios. Aproximadamente, 12,9 milhões de famílias são atendidas pelo programa.

Educação

O acompanhamento de Educação e de Saúde representa 50% do Índice de Gestão Descentralizada Municipal (IGD-M). Dados inferiores a 20% do total de famílias e de alunos também provocam a suspensão do IGD-M. A outra metade do indicador é calculada com base na validade do cadastro das famílias e na atualização cadastral.

A presença de crianças e adolescentes na escola é acompanhada bimestralmente. Para continuar a receber a transferência de renda, os alunos de seis a 15 anos precisam assistir, no mínimo, a 85% das aulas a cada mês. A exigência para adolescentes de 16 e 17 anos é de 75% das aulas.

Saúde

Além da frequência escolar, os beneficiários do Bolsa Família precisam manter atualizado o cartão de vacinação das crianças com até sete anos de idade e conduzir os filhos para serem medidos e pesados nos postos municipais. A contrapartida para as gestantes é fazer o pré-natal. Nesse caso, as informações são referentes ao monitoramento do primeiro semestre deste ano.

Mais de 10,7 milhões de famílias precisam receber acompanhamento dos postos e agentes de saúde em todos os Municípios brasileiros. Pelo menos a metade já está com as agendas de vacinação e o pré-natal em dia. Relatórios parciais apontam que 58% das 10,7 milhões de famílias tiveram os dados registrados no sistema do Ministério da Saúde até a data de 26 de junho, sendo que 298 Municípios ainda não atingiram o mínimo de acompanhamentos de 20%.

FONTE: CNM

segunda-feira, 27 de junho de 2011

CASSIO PARTE EM DEFESA DO STF

Apesar da ‘cansativa’ demora do STF para resolver seu caso, Cássio sai em defesa da Corte; em tom de desabafo, tucano explica real motivo da situação
Mesmo com a reclamação de boa parte do eleitorado paraibano, que estranha a demora do Supremo Tribunal Federal em resolver a situação politica de Cássio Cunha Lima (PSDB), o próprio ex-governador, visto como “vítima” de uma especulada “má fé” por parte da Justiça (inclusive matéria de capa de uma revista do Estado), partiu em defesa da hombridade da Corte Superior.

Questionado se acreditava que alguma pressão política era o motivo que estaria retardando sua chegada ao Senado Federal, Cássio rebateu veementemente a ideia.

“Não acredito, muito menos afirmo, que o Supremo esteja aberto a pressões políticas”, disparou.

Para Cássio, sua “via crucis” em direção ao Senado é alimentado por um caráter mais “técnico” da Justiça, que político.

“O que existe mesmo é um rito próprio da Justiça, que às vezes nem sempre é aquele que se deseja como ideal”, explicou.

Caminhos difíceis em um futuro incerto

Na penúltima semana, mais uma “fatalidade” do destino se colocou no caminho de Cássio rumo ao Senado. Segundo ‘furo’ de reportagem dado à época pelo próprio ex-governador, o ministro do STF, Joaquim Barbosa (relator de seu processo) havia se operado em São Paulo, o forçando a só retornar ao Supremo após o recesso parlamentar.

"O Ministro Joaquim Barbosa foi operado em SP. Em virtude disso só deve voltar a trabalhar após o recesso do meio do ano", twitou o tucano, na tarde desta segunda-feira (20).

Conforme detalhes do próprio Cássio, o ministro havia passado por uma intervenção cirúrgica na coluna cervical. Por se tratar de uma região delicada, a recuperação seria lenta, o que prorrogaria ainda mais seu retorno ao Tribunal e consequente encaminhamento do processo.

Luis Alberto Guedes

PSB ENTRA NA BRIGA POR PREFEITURA DA TERRA NATAL DE MARANHÃO

O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, disse que o partido deve conseguir eleger o novo prefeito de Araruna, terra natal do ex-governador José Maranhão (PMDB). Hoje a prefeitura é comandada pela irmã do peemedebista, Wilma Maranhão.

“Acreditamos que o PSB deve eleger o novo prefeito de Araruna. Estamos bem estruturados lá e em outros municípios da região”, disse Edvaldo Rosas.

O socialista informou ainda que a legenda pretende ter, pelo menos, 103 candidaturas próprias em todo o estado. De acordo com Rosas, o PSB já alcança 180 municípios e a perspectiva é que durante o encontro deste sábado o partido chegue a 200 e até o final do ano a sigla esteja representada nos 223 municípios paraibanos seja por meio de diretórios ou comissões provisórias.

"No ano que vem o PSB pretende lançar candidatos a prefeito em, pelo menos, 103 municípios. Em João Pessoa o nome de Luciano Agra deve ser confirmado para brigar pela reeleição", falou Rosas.

sábado, 25 de junho de 2011

JÚNIOR DUARTE FALA SOBRE 2012

    O editor do nosso blog, vem se conceituando em toda a sociedade Paraibana e principalmente na sociedade Piancoense, sempre repleto de amigos o Jovem Determinado "Júnior Duarte", vem ampliando o seu circulo de amizades.
     Recentemente esteve na capital paraibana e esteve com varias personalidades politicas e empresariais para discutir o desenvolvimento da cidade de Piancó, onde o mesmo convidou os empresários para a instalação de empresas em Piancó para assim acontecer o desenvolvimento económico neste município; O mesmo também esteve com políticos de grandes renomes Paraibano para discutir a conjuntura do município em 2012, onde ele o mesmo pretende lançar o seu nome para pré candidato a vereador em Piancó, onde já vem acontecendo diversas adesões a esta ideia que estar cada vez mas conceituada.
      O mesmo sempre vem participando de entrevista com blogs e emissora de radio onde sempre e questionado sobre a sua pré candidatura para 2012, e ele sempre afirma o seu nome como pré candidato a vereador em 2012; Onde o mesmo já é filiado a um partido politico e vem conversado com suas base de amigos e aliados sobre a sua permanência nesta sigla onde o mesmo e presidente municipal. 

"Onde ele afirma que sempre vem ouvindo as suas bases para o melhor de Piancó, pois o mesmo afirma que ama este muncipio."


    Ele afirma que nos proximos dias estara fazendo uma grande filiação de pessoas no partido que ele é filiado,onde se promete que no meio destas pessoas existem pré candidatos a vereadores também, mas aguarda a posição da executiva estadual para isso acontecer na cidade de Piancó, ele promete também a abertura do escritorio do partido neste municipio onde o mesmo fará uma grande diferença, pois ele acredita que veio para fazer a diferença e não ser um no meio da multidão.
    O mesmo se compromete em alguns dias fazer uma entrevista que e ira trazer toda a sua biografia, quando questionado sobre os candidatos a chefe do executivo municipal em Piancó ele prometeu que iria obsevar bem um nome que fosse comprometido com a cidade de Piancó, não oportunistas que podem ter vindo passar uns dias em Piancó ou finais de semana e não tivesse compromisso com a cidade e voltam hoje falando que e filho natural desta cidade e só quer ouvir a ele mesmo e nem vem honrandos seus compromissos politicos e até mesmos pessoais nesta cidade, que o Jovem Determnado acolheu como sua cidade; ele relata também que já tem residencia  na cidade que fica no centro, todos os dias o Jovem Determinado "Júnior Duarte", estar na cidade atendendo os seus amigos e correligionarios.










DEPUTADO FEDERAL OFENDE OS CRISTÃOS E DECLARA GUERRA

     Todo cidadão com o mínimo de inteligência tem a consciência da importância do voto. Esta prerrogativa se fortaleceu, após matéria veiculada no Jornal do Brasil, mostrando o que pode ocorrer quando se vota de forma errada.



Veja a matéria na íntegra:

      O recém-eleito deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), homossexual militante que conseguiu alguma notoriedade participando do programa Big Brother Brasil da Rede Globo, lançou, na semana passada, uma campanha de combate ao cristianismo.
Em sua página do Twitter, Jean publicou várias mensagens dizendo que cristãos são doentes, homofóbicos, preconceituosos, violentos, ignorantes e fanáticos, e que ele se dedicará ainda mais a eliminar a influência do cristianismo na sociedade. O deputado enfatizou que seu mandato tem como foco a defesa dos interesses da militância gay e o combate a seus “inimigos”.
O deputado, que é membro da Frente Parlamentar LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e travestis) no Congresso Nacional, aproveitou para convocar seus seguidores para se juntar a ele em sua guerra particular. Jean obteve respostas diversas: angariou o apoio previsível de seus seguidores militantes da causa gay, e provocou a reação de inúmeros outros usuários da rede social, indignados com as ofensas do parlamentar aos cristãos e com seus ataques à liberdade de expressão, religião e comunicação.
Jean promove uma campanha de censura a usuários do Twitter que são contrários às idéias que ele defende, como o “casamento” homossexual, as cartilhas de suposto combate à “homofobia” do MEC (mais conhecidas como Kit Gay) e o PLC 122/2006 (lei da mordaça gay), projeto de lei que pretende transformar em crime qualquer crítica ou oposição ao comportamento homossexual ou às pretensões do lobby gay.
Uma das primeiras vítimas da campanha censória de combate ao cristianismo deflagrada por Jean Wyllys foi o usuário Carlos Vendramini.
Valendo-se do direito que qualquer cidadão possui em uma democracia, Vendramini fez, no Twitter, críticas ao Kit Gay, ao PLC 122/06 e a outros projetos dos militantes gays e aos parlamentares que os apóiam, como Jean Wyllis, Marta Suplicy e Cristovam Buarque, dentre outros. Incomodado com as críticas, o deputado disse, em seu blog, que estava acionando advogados da Frente LGBT para censurar o perfil de Vendramini, que Jean imagina ser “membro fundamentalista de uma parcela conservadora da direita católica em São Paulo” (sic) e estar praticando “perseguição” a ele.

FONTE: JORNAL DO BRASIL

CASSIO CUNHA LIMA ESTAR DECEPCIONADO.

Cássio não revela motivos, mas demonstra decepção ao visitar o Maior São João do Mundo: “Fui ao Parque do Povo e fiquei triste com o que vi”
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) declarou no Twitter na tarde desta quinta-feira, (23), que está muito triste com o que viu ontem, (22), após visitar o Parque do Povo. O tucano não revelou os motivos, mas afirmou que vai novamente esta noite, agora na parte superior para ver se melhora sua impressão.

"Ontem fui ao Parque do Povo em um dos camarotes e fiquei triste com o que vi. Hoje vou a parte superior para ver se melhora minha impressão", desabafou Cássio Cunha Lima.

Cássio aproveitou para desejar um feliz São João aos seus milhares de seguidores e, em seguida retwittou uma matéria veiculada no Portal PB Agora intitulada “
TV Uol visita Maior São João do Mundo e resgata história da festa em entrevista com Cássio”, indicando-a aos internautas.

"Feliz São João para todos !!!! Vale a pena ver esse link. TV UOL sobre a história do Maior São João do Mundo.
http://bit.ly/lK8VDV”, postou o tucano.




FONTE: Simone Duarte

FILHO DA PROFESSORA ELICÊNIA PRETENDE SER PREFEITO DE PIANCÓ

O empresário e servidor público estadual, jovem Paulo Marcelo Pereira Leite (PPS), está cada vez mais firme no seu desejo de concorrer a vaga de prefeito de sua cidade, Piancó, em 2012. Durante esta semana, aproveitando o feriadão dos festejos juninos, o empresário piancoense viajou à Brasília, de avião, para manter contatos com lideranças de nível nacional, e expor a sua vontade e desejo de disputar as eleições do próximo ano em sua terra natal. Paulo Marcelo [Paulinho de Elicênia], tem demostrado o seu desejo de ír ao crivo popular, e talvez com a desistência do seu irmão, vereador Pádua Leite (PT) de não mais concorrer a uma segunda eleição para a Câmara Municipal, Paulinho espera concretizar este sonho. 

"Estou dependendo apenas de alguns contatos e confirmações para me lançar de corpo e alma na defesa do povo de Piancó", disse Paulo em recente contato telefônico com a redação do BlogdePiancó.

Paulo Marcelo conta com uma quantidade de amigos, que escolhe pela qualidade de suas condutas e sempre que tem oportunidade, encontram-se na grande João Pessoa, para uns comes e bebes.É bom lembrar que Paulinho é irmão do empresário da POLYCLAR - Internet, Ângelo Filho, e filho da professora Elicênia Pereira Leite, família de renome em todo o Vale do Piancó.

FONTE: Do BlogdePiancó

sexta-feira, 24 de junho de 2011

MUNICPIOS PODEM RECEBER 20 BILHÕES POR ANO.

O presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, enviou hoje solicitação ao presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), para que entre em pauta a regulamentação da Emenda 29. O Projeto de Emenda Constitucional nº 29 destina mais recursos para a Saúde e está na lista de espera há mais de 10 anos para ser regulamentada.


Para Leonardo, os Prefeitos e Prefeitas de todo país precisam do apoio da mesa diretora da Câmara dos Deputados, a fim de viabilizar a votação do Projeto de Lei Complementar (PLP) 306/2008, tendo em vista a situação difícil na qual se encontram os Municípios.

Entenda de que se trata a Emenda 29


O Projeto de Lei Complementar 306/08, regulamenta a Emenda Constitucional 29. Promulgada pelo Congresso no ano 2000, obrigou os Estados e os Municípios a aplicarem, respectivamente, 12% e 15% da arrecadação de impostos em ações e serviços de saúde. A União deveria investir o mesmo valor de 1999, acrescido de 5%, no mínimo, com correção pela variação nominal do PIB nos próximos anos.

Leonardo acredita que a mobilização da UBAM poderá surtir efeito perante o presidente da Câmara que deverá expor o Projeto a discussão e votação no plenário.

“Precisamos que essa regulamentação saia da gaveta política do poder legislativo, pois a aprovação da regulamentação é imprescindível para definir o que são ações e serviços de saúde e acabar com os desvios que Estados e a União promovem com os recursos do setor de saúde. Com isso garantimos que os Municípios vão receber mais de R$ 20 bilhões a mais por ano, quando a regulamentação estabelecer critérios que evitem as maquiagens estaduais e exigir da União investimentos de 10% de sua receita corrente bruta”. Disse Leonardo.

Segundo o dirigente municipalista, o assunto está em pauta desde que a emenda entrou em vigor, em 2000, se tornando numa necessidade de retratação por parte do congresso que vem registrando uma atuação muito tímida quando se trata de defesa dos Municípios. 

FONTE:UBAM

WELLIGTON ROBERTO APRESENTA EMENDA CONTEMPANDO ITAPORANGA

O deputado federal Wellington Roberto ainda era Senador da República e tinha acabado de abrir mão de uma reeleição para com humildade disputar vaga na Câmara. Avesso a superexposição na mídia, é daqueles que trabalha mais do que fala. E isso ninguém pode negar. Foi reeleleito para o 4º mandato como o mais votado da PB no último pleito.
Entre conceder uma entrevista e ficar de plantão na véspera de qualquer grande data, inclusive natal, para garantir recursos para um pequeno município, Wellington fica tranqüilamente com a segunda opção, pois, costuma dizer brincando, assume compromisso até na igreja de que carreará obras para aquele município que lhe adotar como representante em Brasília.
E esse é o segredo para uma base política de causar inveja, onde é parceiro de mais de 50 prefeitos. Dentre eles está o de Itaporanga, Djaci Brasileiro (PSDB), que de tanto solicitar recebeu grande notícia de que o parlamentar, que é membro permanente da Comissão de Orçamento, apresentou, dentre as 54 Emendas a LDO de 2012, a Emenda 46 que trata da expansão da UFCG com instalação de um Campus na 'Rainha do Vale'. Wellington deverá estar em Itaporanga semana que vem prestigiando o São Pedro 2011, festa mais tradicional do município, ao lado do prefeito e do povo.

Veja abaixo todas as emendas do deputado Wellington Roberto para LDO 2012:
EMENDA 1: Esta emenda visa assegurar recursos para a Duplicação do trecho rodoviário Campina Grande – Cajazeiras; Duplicação da BR 230 PB Campina Grande à Farinha / Entroncamento com a BR 412; do Km 150 (Campina Grande) ao KM 184 (Farinha); Duplicação da BR 230 PB / Entroncamento da BR 412 (Farinha) do Km 184 ao Km 220 (Soledade) e; Adequação de Capacidade e Melhorias da Rodovia Federal da BR 230 PB, do Km 0 ao Km 28, no Estado da Paraíba.
EMENDA 2: A presente proposta visa assegurar recursos para a Construção do Contorno Alça Noroeste, na BR 104/230 PB, trecho Campina Grande/Remígio – do Km 145 ao Km 86.
EMENDA 3: O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) tem como objetivo primordial dotar a Esquadra Brasileira com o primeiro submarino de propulsão nuclear integralmente concebido, projetado e construído no Brasil.
EMENDA 4: Refere-se às parcelas dos recursos arrecadados à conta das Compensações Financeiras pela Exploração de Petróleo e Gás Natural para atender aos encargos de fiscalização e proteção das áreas produtoras situadas na plataforma continental.
EMENDA 5: Refere-se às despesas com a construção de Navios Patrulha Oceânicos.
EMENDA 6: Refere-se às despesas relacionadas com o desenvolvimento do ciclo do combustível e do protótipo do reator nuclear, no âmbito do Programa Nuclear da Marinha.
EMENDA 7: Refere-se às despesas relacionadas com o Programa de Recursos do Mar e com a Missão Antártica
EMENDA 8: Visa evidenciar projetos decorrentes Acordos de Cooperação Internacionais, tornando viável a alocação de recursos em patamares adequados para sua execução.
EMENDA 9: Refere-se a investimentos e inversões financeiras de projetos decorrentes de Acordos de Cooperação Internacionais com transferência de tecnologia.
EMENDA 10: Refere-se a investimentos e inversões financeiras decorrentes de Acordos de Cooperação Internacionais com transferência de tecnologia.
EMENDA 11: Refere-se a investimentos e inversões financeiras decorrentes de Acordos de Cooperação Internacionais com transferência de tecnologia, excetuados aqueles destinados ao início de novos projetos.
EMENDA 12: Relação das ações destinadas à superação da extrema pobreza por órgão e unidade orçamentária.
EMENDA 13: Refere-se à dar mais efetividade à participação do parlamentar, de modo que a emenda ao orçamento que venha a ser aprovada deverá constituir prioridade..
EMENDA 14: Refere-se a dar prioridade às programações na área temática da saúde, voltadas à prevenção e a atenção básica.
EMENDA 15: Refere-se a dar prioridade as programações na área temática de agricultura voltadas ao apoio à sanidade animal e vegetal e ao desenvolvimento sustentável da pesca.
EMENDA 16: Refere-se a dar prioridade as programações na área temática da assistência social destinadas ao atendimento de pessoas com deficiência e à erradicação da fome e do trabalho infantil.
EMENDA 17: Refere-se a dar prioridade as programações na área de desenvolvimento urbano voltadas ao saneamento e transporte urbano.
EMENDA 18: Refere-se a dar prioridade as programações na área de infraestrutura voltadas ao incentivo e aprimoramento da capacidade de operação da matriz portuária, incluindo rodovias que liguem regiões produtoras agrícolas a portos exportadores, e à expansão de modais hidroviário e ferroviário.
EMENDA 19: Refere-se a dar prioridade as programações na área de integração nacional e meio ambiente relacionadas à defesa civil e infraestrutura hídrica e ao reflorestamento e combate ao desmatamento.
EMENDA 20: Refere-se a dar prioridade as programações na área temática de Justiça e Defesa relacionadas à segurança pública e à segurança e controle do tráfego aéreo.
EMENDA 21: Refere-se aos recursos da contribuição destinada ao Sistema S
EMENDA 22: Refere-se a reserva de Recursos para restos a pagar e créditos reabertos
EMENDA 23: Refere-se a reserva para pagamento dos Restos a Pagar
EMENDA 24: Refere-se a divulgação na internet da contribuição ao Sistema S
EMENDA 25: Refere-se ao Auxílio alimentação
EMENDA 26: Refere-se a Transferência eletrônica de dados
EMENDA 27: Refere-se a alteração de Modalidade de Aplicação (MA)
EMENDA 28: Refere-se a Alteração do Grupo de Natureza da Despesa (GND), para dotações alocadas para outras despesas correntes, investimentos e inversões financeiras, por portaria da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento – SOF/MP.
EMENDA 29: Refere-se a Alteração do Grupo de Natureza da Despesa (GND), para dotações alocadas para amortização da dívida, por portaria da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento – SOF/MP.
EMENDA 30: Refere-se a criação de Grupo de Natureza da Despesa (GND) para dotações alocadas para outras despesas correntes, investimentos e inversões financeiras, por portaria da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento – SOF/MP.
EMENDA 31: Prevê o envio de Crédito Suplementar Específico por Poder
EMENDA 32: Retira da base de contingenciamento as ações decorrentes de emendas individuais.
EMENDA 33: Refere-se a garantia de execução para as emendas individuais
EMENDA 34: Refere-se a Proteção do contingenciamento para restos a pagar e créditos reabertos
EMENDA 35: Refere-se as obras com indícios de irregularidades graves
EMENDA 36: Em relação as obras irregulares, que a Decisão do TCU, dar-se-á de forma monocrática ou colegiada
EMENDA 37: Refere-se a definição clara e objetiva dos tipos de indícios de irregularidades graves, em obras, especificando aquele que pode ensejar paralisação 9IGP) e aquele que é suficiente a retenção cautelar de recursos (IGR)
EMENDA 38: Refere-se ao encaminhamento de informações, relativas a obras irregulares, a serem prestadas pelo TCU à Comissão Mista de Orçamento (CMO)
EMENDA 39: Refere-se a Prestação de contas do Presidente da República e dos demais órgãos da Administração – informações complementares.
EMENDA 40: Refere-se a Restos a pagar e superávit
EMENDA 41: Refere-se às disposições sobre alterações na Legislação Tributária e sobre adequação orçamentária e financeira de Proposições Legislativas
EMENDA 42: Trata do Anel Viário no Município de Campina Grande, Estado da Paraíba
EMENDA 43: Trata de proposta relativa ao ajuste dos preços praticados pela construção civil. Tabela SICRO/SINAP
EMENDA 44: Trata da Construção de Ponte ligando os Municípios de Lucena a Cabedelo, no Estado da Paraíba
EMENDA 45: Trata da Construção de Trecho Rodoviário na BR 104 – trecho Esperança/Campina Grande, no Estado da Paraíba
EMENDA 46: Trata da Expansão do Campus da UFCG, para os municípios de Itaporanga e São Bento, no Estado da Paraíba.
EMENDA 47: Trata de melhorias nas condições de habitabilidade nos municípios de Patos, Campina Grande, João Pessoa, São Bento e Cajazeiras, no Estado da Paraíba.
EMENDA 48: Trata de assegurar recursos para implantação de centros esportivos nos Municípios de Campina Grande, Cajazeiras, São Bento, Patos e João Pessoa.
EMENDA 49: Trata de assegurar recursos para a expansão do canal de Bondocongó, no Município de Campina Grande, no Estado da Paraíba.
EMENDA 50: Visa assegurar recursos para a construção de estradas vicinais em Municípios do Estado da Paraíba.
EMENDA 51: Refere-se a Atenção aos Pacientes Portadores de Doenças Hematológicas
EMENDA 52: Refere-se a Implantação do Centro Nacional de Terapias Celulares da Atenção a Doença Falciforme.
EMENDA 53: Trata da destinação do produto de arrecadação da Receita Federal do Brasil, para as entidades privadas de serviço social e de formação profissional vinculadas ao Sistema Sindical.
EMENDA 54: Trata-se do Sistema S e sua contabilização. (com Ascom)

quinta-feira, 23 de junho de 2011

PREFEITA FLAVIA DE PIANCÓ LANÇA OS NOMES DOS PRE CANDIDATOS A PREFEITO DE PIANCÓ VEJA QUEM SÃO:

   Ontem em um programa de radio apresentado na Nativa FM, radio comunitária a prefeita de Piancó faz uma participação, informando os nomes do seu possiveil candidato a Prefeito de Piancó veja quem são:

Ernandes da Farmácia
Tota Militão
Neguinha de Manoel Tomaz
Vereadora Paula
António Leite
Paulo Galdino
Preta.

Isso sim que é democracia..

quarta-feira, 22 de junho de 2011

BOMBA: DEPUTADO ACUSA CASSIO CUNHA LIMA

INTERFERÊNCIA: deputado oposicionista centra fogo em adversário e faz ataque: “Cássio procurou pessoalmente mais de cinco deputados para votar no projeto da troca de terreno!”
Considerado por muitos como uma verdadeira ‘metralhadora’ na crítica aos adversários, o deputado estadual Aníbal Marcolino (PSL) teceu duras criticas ao ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), ao dizer que o tucano estaria diretamente interessado no projeto encaminhado pelo Governo do Estado que sugere a troca da área onde está localizada a sede da Academia de Polícia, em Mangabeira, na Capital, por um terreno no conjunto Ernesto Geisel, que é de propriedade privada.

Segundo Aníbal, Cássio tem participação direta no episódio.

“O governador Cássio pediu para diversos outros deputados na Assembléia.Cássio praticamente doou esse terreno para esse empresário, ele pessoalmente não procurou um, dois ou três,são mais de cinco deputados estaduais, que disseram: só vou votar por que Cássio me pediu, ele foi pedir. Ele é uma pessoa seria e honesta e não vai desmentir o que estou dizendo”, acusou.

Aníbal ironizou a justificativa de que a operação possibilitaria a construção de um shopping no bairro de Mangabeira.

“Não podemos aceitar! Eu quero construir um shopping me de um terreno no Retão de Manaíra que eu construo um shopping!”, ironizou.O oposicionista criticou a legalidade da transação.

“Não houve pagamento de prestações, o empresário não pagou as prestações e passou dois anos e não construiu, por isso pertence ao Estado; Precisamos ter zelo com o dinheiro publico, queremos que seja aberto um debate com todos os órgãos envolvidos”, pontuou.

Por fim o deputado mandou um recado para a bancada governista,

“Quantas vezes esse projeto chegar a Assembléia nós iremos derrotá-lo!”, arrematou. As declarações foram dadas ao programa Correio da Manhã na Rede Correio Sat.

ENTENDA O CASO:

O Governo do Estado vai construir uma nova Academia de Polícia e o Instituto de Polícia Científica na entrada do conjunto Ernesto Geisel, onde pretende também instalar o prédio da Central de Polícia, que hoje funciona precariamente perto do terminal rodoviário. Projeto de lei neste sentido foi enviado à Assembleia Legislativa e deverá ser votado antes do recesso parlamentar, pedindo autorização para permutar esta área com o terreno onde fica hoje a Acadepol, em Mangabeira.

De acordo com a procuradora do Estado, Livânia Farias, a troca é com o grupo Futura Negócios Ibobiliários e com o Shopping Manaíra, que pretendem construir um grande empreendimento em Mangabeira. Para efetuar a permuta, após autorização da Assembleia e mediante laudos da Suplan, o Estado terá que receber 100% a mais do valor da diferença entre os dois terrenos, possibilitando assim a construção dos equipamentos de segurança.

O projeto prevê, ainda, que o terreno no Geisel só permite investimentos na área de segurança pública e que a permuta só se concretizará quando a Acadepol já estiver instalada no outro local. “É uma área densamente povoada, que precisa de mais ação da polícia, além de economizarmos recursos, por isso nossa opção em construir tudo concentrado na entrada do Geisel”, disse a secretária.

Com relação ao novo empreendimento privado que será construído onde hoje funciona a Acadepol, a secretária disse que aquela região tem forte apelo comercial e considera importante a vinda de fábricas, empresas e comércio, que venham gerar emprego e renda para os paraibanos, tendo em vista a forte competitividade entre os estados em atrair investimentos nesse momento de expansão da economia nordestina.

Livânia Farias disse que este ano o Estado deve investir de 7 a 8 % de seu orçamento com segurança pública, uma prioridade hoje da população. Ela anunciou, também, que o novo prédio da Central de Polícia de Campina Grande será inaugurado na próxima terça-feira, 21, pelo governador Ricardo Coutinho.

Deputados de oposição e situação se reuniram nesta segunda-feira (20/06) no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo (PSDB), e decidiram adiar a votação do projeto de autoria do governador Ricardo Coutinho que pede autorização para trocar das área mencionadas, a matéria será apreciada no retorno do recesso parlamentar.  

FONTE: Henrique Lima / PB AGORA

EX VEREADOR TEM PRISSÃO DECRETADA

O Juiz das Execuções Penais da Cidade de Sousa, Dr. José Normando Fernandes, decretou na manhã desta terça-feira (21) a prisão preventiva do ex-vereador, Francisco Batista, vulgo Cabo Chico, residente na Cidade de Nazarezinho, acatando pedido da Promotoria Pública.

Solidariamente, também foi acatado o pedido de prisão da Mulher, Gilmara Ávila Batiton, 33 anos, compassa do ex-vereador, acusados de fazerem dois empréstimos consignados em nome do aposentado, Francisco Mendes de Sousa, realizados no dia 25 de Fevereiro, 19 de Março de 2008.

Os valores dos empréstimos foram depositados diretamente na conta de Gilmara Ávila Batiton, compassa do então, vereador, Cabo Chico, cujo dinheiro eles ficaram para si.

A denúncia partiu quando o aposentado Francisco Mendes de Sousa recebeu no dia 30 de junho de 2010 uma carta cobrança da Agência Creditícia da Cidade de Sousa lhe cobrando a importância de R$ 4.027,03.

Francisco, então manteve contato com o Cabo Chico comunicando da cobrança. O vereador se comprometeu em pagar a dívida, porém depois desapareceu da Cidade de Nazarezinho juntamente com a sua compassa, Gilmara Ávila Batiston.

Diante da denúncia recebida, o Ministério Público, através do Promotor, Manoel Pereira, instaurou Inquérito, apurou o fato, e denunciou os acusados por furto, depois encaminhou ao Juiz das Execuções Penais, Dr. José Normando Fernandes o pedido de prisão na manhã de hoje, que foi acatado imediatamente.

O Cabo Chico, e a Gilmara estão foragidos da Justiça em lugar não sabido, e são procurados pela Polícia, já que contra os mesmos detém um Mandado de Prisão por furto.

O ex-vereador, Cabo Chico renunciou o seu mandato eletivo no ano passado em Nazarezinho, depois de então, desapareceu do Município, e nunca mais ninguém o viu por aquela Cidade, bem como a Gilmara que segundo informações era sua amante.

Folha do Sertão

ENTREVISTA COM TODOS OS PRÉ CANDIDATOS A PREFEITO DE PIANCÓ PB

     A radio comunitária Nativa Fm Piancó, realizara partir do dia 04 de Julho do corrente ano, uma serie de entrevista com todos os pré candidatos a prefeito de Piancó, esta serie de entrevista acontecera no  programa Falando Sério que é apresentado no horário das 11:00 as 13:00 horas de Segunda a quinta feira.
   O critério utilizado para a seleção dos entrevistados foi a o seguinte: Pesquisa realizada recentemente na cidade, onde foram convidados todos que apareceram nesta pesquisa, alem de abrir os telefones para os ouvintes opinarem de forma democrática.

Os nomes são:

ANTONIO DANTAS
PAULO BARBOSA
DJALMA LEITE
EDVALDO CALDAS
GENERTON CARVALHO
VALDER DO POSTO
CRISTIANE REMIGIO
SOUSINHA
JÚNIOR REMIGIO
ANDRÉ SOARES
SALES LIMA

    Parabéns a equipe de apresentadores e a direção desta radio comunitária que sempre fez prevalecer a democracia e a opinião popular.

      O programa e a serie de entrevista pode ser acompanhado pela internet a través do site: http://nativafmpianco.com.br/

terça-feira, 21 de junho de 2011

Capacitação em atendimento Pré-Hospitalar em Diamante-PB

Capacitação em atendimento Pré-Hospitalar no município de Diamante-PB. O curso será ministrado por Enfermeiros; Bombeiros especialistas na área com cursos de suporte básico e avançado de vida. Dias 22, 23 e 24 de Julho. O valor da inscrição será de R$ 100,00 (material didático + Certificado).

Programas Desenvolvidos no Curso:
»Biomecânica do Trauma
»Novo protocolo RCP 2010 (Recomendado pela American Heart Association).
»Atendimento inicial ao Politraumatizado
»Queimaduras 1º, 2º, 3º e 4º Grau
                                            »Biossegurança
                                            »Atendimento à Desmaio
                                            »Transporte Bombeiro
                                                                         »Legislação do APH
                                           »Imobilização de Fraturas
                                           »Movimentação e Transporte
                                           »Ferimento / Hemorragia / Crise Epilética / Convulsão
                                           »Simulações / Estudo de Caso / Oficinas Práticas

As inscrições podem ser feitas na secretaria municipal de saúde de Diamante. Informações: 8801-9873 (Luciano Mota). Máximo de 60 alunos.

Coordenador do curso: Professor Félix

Mestre em Ciências da Saúde / Especialista em Urgência/ Emergência
Especialista em C.T.I / Especialista em Saúde Coletiva
INSTRUTOR DO CURSO DE B.L.S PELA ASSOCIAÇÃO AMERICANA DO CORAÇÃO
Certificação: Escola de Enfermagem Rosa Mística - João Pessoa-PB

Luciano Mota

PMDB VAI A DILMA COBRAR O CARGO DE JOSE MARANHÃO E MAIS 47 CARGOS

     Unido, o PMDB tem nesta terça-feira (21) programado o seu primeiro encontro com a nova responsável pela articulação política do governo, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), para cobrar 48 nomeações no segundo e terceiro escalões prometidas desde o início do governo e que ainda estão pendentes.

      As maiores pressões do partido para as novas nomeações recaem sobre os ex-senadores José Maranhão (PB) e Leomar Quintanilha (TO), para os quais são pedidas diretorias em bancos oficiais, e Valter Pereira (MS), que poderá ocupar uma diretoria do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

    O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Eunício Oliveira (CE), exige a nomeação de Cesar Augusto Pinheiro para a diretoria de Infraestrutura do Dnocs. O partido quer ainda duas diretorias do BNDES, manter Pedro Alcântara na diretoria Administrativa da Chesf, uma diretoria do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) para Mauro Benevides Filho, filho do deputado Mauro Benevides (CE), e uma diretoria da Petroquisa para Marcos Melo.

     Até agora, da relação apresentada pelo PMDB, a presidente Dilma Rousseff aproveitou sete indicações, considerando as duas feitas na sexta-feira: Geddel Vieira Lima para a Diretoria de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, Orlando Pessuti para uma vaga no Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Elias Fernandes para a diretoria-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Flávia Grosso para o comando da Zona Franca de Manaus e Colbert Martins para uma diretoria da Embratur.

      Participarão do encontro com Ideli Salvatti os líderes do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), e do governo no Senado, Romero Jucá (RR) - o chamado "trio da cobrança" - além do presidente da sigla, senador Valdir Raupp.

Liderança. De acordo com informações do Palácio do Planalto, Dilma deverá escolher o senador Eduardo Braga (AM) para o cargo de líder do governo no Congresso. Com isso, ela recompensará Braga, tido como responsável pelos mais de 80% dos votos que obteve no Amazonas na eleição presidencial, deixando de lado o deputado Mendes Ribeiro Filho (RS), candidato ao cargo, mas desgastado depois da votação do Código Florestal. "Nós esperamos que o líder seja o Mendes Ribeiro. Seria importante para a Câmara. Mas essa é uma decisão da presidente", afirmou o líder Henrique Eduardo Alves, resignado. Os deputados do PMDB argumentam que escolha de mais um senador para o cargo põe a Câmara em desvantagem.

O partido aproveitará a reunião para lembrar a necessidade de liberação de emendas parlamentares, o que é garantia de voto certo nos projetos de interesse do governo.

O PMDB tem 80 deputados. Na votação do salário mínimo de R$ 545, foi o partido mais fiel, à frente do próprio PT.

Já na votação do Código Florestal na Câmara, o partido deu uma surra no governo, pois o então ministro Antonio Palocci (Casa Civil) não havia dado resposta ao pleito de 50 cargos.

Na última sexta-feira foram atendidos dois pedidos do PMDB: a nomeação de Oscar Jucá, irmão do senador Romero Jucá (RR), líder no Senado, e Marcelo Mello, afilhado do PMDB de Goiás, para diretorias da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Desde que o partido iniciou a disputa com o governo pelos cargos, as bancadas no Senado e na Câmara passaram a trabalhar unidas, sem as velhas rixas que as marcaram no passado por causa do preenchimento de cargos. Tanto é que uma lista de 55 nomes entregue ao Planalto ainda em fevereiro foi feita de comum acordo entre as duas partes.

FONTE: Estadão  

segunda-feira, 20 de junho de 2011

DR LEORNADO É CONVIDADO PELO COMPETENTE VEREADOR ANTONIO LEITE PARA SE FILIAR AO PSD

        Em recente visita a Granja Brogodó [Comunidade Ferrão], de propriedade do advogado João Batista Leonardo, o vereador licenciado e atual Diretor Superintendente da 7ª. Gerência Regional de Saúde do Vale do Piancó, Antonio Leite Neto, que se fazia acompanhar de alguns amigos, foi visitar o pré-candidato a uma vaga de vereador em 2012, Dr. Leonardo, e formalizou o convite para que ele ingresasse no PSD, partido do prefeito de São Paulo, Kassab, que é presidido na Paraíba pelo vice-governador Rômulo Gouveia, e em Piancó está sob a tutela da prefeita Flávia.
Entre uma conversa e outra, regada a galinha de capoeira e "rubacão", além de alguns tipos de bebidas, Antonio Leite e    Dr. Leonardo, falaram a respeito da possibilidade da  vinda do bacharel para o grupo da prefeita Flávia Serra Galdino, já que o pré-candidato não pertence a nanhuma ala política, seja de esquerda, direita ou centroesquerda.
Precavido, o advogado piancoense disse que não poderia, naquele instante dar qualquer resposta ao articulador político Antonio Leite, e carecia de contatos com seus aliados, a exemplo de Júnior Boi Gordo e outros. Mas deixou claro que está aberto a conversações e, se for assim entendido por seus amigos, não terá qualquer problema em integrar-se ao grupo da atual prefeita, já que goza de amizade junto a gestora pública local.
Dr. Leonardo disse ainda que necessita ouvir o prefeito de Marizópolis, José Vieira (PSDC), do qual é um  parceiro político, além do que não pretende tomar qualquer decisão precipitada, pois "eu não decido sozinho, tenho amigos que me seguem e preciso tomar decisões em conjunto", finalizou.


FONTE: Do BlogdePiancó

CASSIO CUNHA LIMA COMEMORA NOTICIA.

Apesar de via crucis no STF, Cássio ganha novo fôlego e comemora notícia divulgada na imprensa nacional
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) se utilizou do seu microblog na tarde deste domingo, (19), para informar publicação veiculada no Jornal Folha de São Paulo, que destaca dados sociais positivos da Paraíba no período de 2000/2010. O tucano diz que situação do Estado é boa, mas alerta: “Ainda falta muito, mas é bom saber que avançamos”.

“Hj a Folha de SP publica novos dados sociais muito positivos da PB no período de 2000/2010. Ainda falta muito mas bom saber que avançamos”, postou.

O tucano lembra ainda que os principais indicadores do Estado melhoraram acima da média da região e destaca: “E cumprindo todas as metas fiscais estabelecidas”.

“Alias todos os principais indicadores do nosso Estado melhoraram acima da media da região. E cumprindo todas as metas fiscais estabelecidas”, finalizou.

Confira a matéria da Folha de São Paulo na íntegra:

Desigualdade cai entre Nordeste e SP

Para especialistas, o aumento do mínimo e o Bolsa Família ajudam a explicar a redução das disparidades na última década

De 2000 a 2010, renda média subiu 3% em cidades paulistas e 46% nas maranhenses, mas discrepâncias persistem

Ainda que disparidades regionais continuem gritantes, o Brasil ficou menos desigual na década passada. A divulgação dos dados do Censo Demográfico do IBGE esmiúça como o movimento afetou as cidades.

A comparação da renda média domiciliar per capita em 2000 e 2010 mostra, por exemplo, que municípios do Nordeste tiveram os maiores ganhos na renda por pessoa, enquanto cidades paulistas lideram a lista das que menos avançaram na década.

Considerando apenas os municípios com mais de 100 mil habitantes -os muito pequenos são mais sujeitos a variações-, entre os 50 que mais avançaram, metade são nordestinos e um paulista (Franco da Rocha).

Já na lista dos 50 que menos avançaram, 36 são de São Paulo. Corrigindo os valores de 2000 pela inflação acumulada em dez anos pelo INPC (indicador do IBGE), 12 tiveram até mesmo pequena queda no rendimento médio. Nove entre eles são paulistas.

É natural que municípios mais pobres tenham margem maior para avançar mais. No entanto, isso nem sempre ocorreu num país que se acostumou com a desigualdade. Nos anos 80, por exemplo, São Paulo viu a renda média de seus domicílios subir 17%, enquanto o Maranhão avançou 7%.

Na década passada, os domicílios paulistas registraram o menor crescimento entre todas as unidades da federação (apenas 3%), enquanto nos maranhenses a variação foi de 46%.

Para João Saboia, professor do Instituto de Economia da UFRJ, a "melhora substancial na distribuição regional dos rendimentos" ocorreu graças especialmente ao desenvolvimento de programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, e ao aumento do salário mínimo, que variou 70% na década, descontada a inflação.

Pedro Herculano de Souza, do Ipea, explica que o Bolsa Família, apesar do baixo valor da transferência (varia de R$ 32 a R$ 242), tem impacto muito grande em cidades menores e nas quais a renda familiar é muito baixa.

Ele lembra que a Previdência Rural, cujo benefício é vinculado ao mínimo, incide mais nessas áreas.

Segundo Claudio Dedecca, da Unicamp, o aumento do mínimo repercute mais no mercado de trabalho das cidades mais pobres, pois um contingente maior tem rendimentos vinculados a ele.

"A década foi marcada por ampliação da política social e crescimento de qualidade, graças à maior dispersão dos investimentos sobre o território nacional, beneficiando áreas mais pobres", resume Lena Lavinas, da UFRJ.

Quando se analisa o crescimento em cada município, Sonia Rocha, pesquisadora do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade, lembra que é preciso considerar, no caso de regiões metropolitanas ou aglomerados urbanos, que a renda pode ser alta em função do dinamismo de cidades vizinhas.

Mas esse dinamismo, segundo ela, também pode ter efeito colateral. Ao atrair mais população, reduz a renda média da cidade.

FONTE: SIMONE DUARTE

JUIZ ANULA CONTRATO DE UNIÃO ESTÁVEL

Juiz anula contrato de união estável entre homossexuais
Em maio, STF reconheceu efeitos da união civil para casais gays. Para juiz Jeronymo Villas Boas, Supremo ‘mudou a Constituição’.

O juiz da 1º Vara da Fazenda Pública de Goiânia, Jeronymo Pedro Villas Boas, determinou nesta sexta-feira (18), de ofício, a anulação do primeiro contrato de união estável entre homossexuais firmado em Goiás, após decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união entre casais do mesmo sexo como entidade familiar.

Para Villas Boas, o Supremo “alterou” a Constituição, que, segundo ele, aponta apenas a união entre homem e mulher como núcleo familiar. “Na minha compreensão, o Supremo mudou a Constituição. Apenas o Congresso tem competência para isso. O Brasil reconhece como núcleo familiar homem e mulher”, afirmou ao G1. O magistrado analisou o caso de ofício por entender que se trata de assunto de ordem pública.

Além de decidir pela perda da validade do documento, Villas Boas determinou a todos os cartórios de Goiânia que se abstenham de realizar qualquer contrato de união entre pessoas do mesmo sexo. De acordo com o magistrado, os cartórios só podem providenciar a escritura se houver decisão judicial que reconheça expressamente o relacionamento do casal.

O contrato anulado pelo juiz é o que atesta a união estável entre o estudante Odílio Torres e o jornalista Leo Mendes, celebrado no dia 9 de maio. O G1 deixou recado no celular de Mendes e aguarda retorno.

Na decisão, Villas Boas argumentou que é preciso garantir direitos iguais a todos, independentemente “de seu comportamento sexual privado”, mas desde que haja o “cumprimento daquilo que é ordenado pelas leis constitucionais.”

O magistrado afirmou ainda que o conceito de igualdade previsto na legislação brasileira estabelece que os cidadãos se dividem quanto ao sexo como “homens e mulheres, que são iguais em direitos e obrigações."

“A idéia de um terceiro sexo [decorrente do comportamento social ou cultural do indivíduo ], portanto, quando confrontada com a realidade natural e perante a Constituição Material da Sociedade (Constituição da Comunidade Política) não passa de uma ficção jurídica, incompatível com o que se encontra sistematizado no Ordenamento Jurídico Constitucional”, disse o juiz na decisão.

Em entrevista por telefone, Villas Boas afirmou que a decisão do Supremo está fora do “contexto social” brasileiro. De acordo com ele, o país ainda não vê com "naturalidade" a união homoafetiva.

“O Supremo está fora do contexto social, porque o que vemos na sociedade não é aceitação desse tipo de comportamento. Embora eu não discrimine, não há na minha formação qualquer sentimento de discriminação, ainda demandará tempo para isso se tornar norma e valor social”, afirmou.


G1

sábado, 18 de junho de 2011

"EX PREFEITO DO SERTÃO PARAIBANO É PRESO"

           O ex-prefeito do município de Aparecida, José Alves de Sousa, conhecido por Zé de Boi Velho foi preso na noite dessa sexta-feira (17). O mandado de prisão foi expedido pela Justiça Federal de Sousa e cumprido pela Polícia Militar, sob comando do Tenente Coronel Manuel Dedeu Neto, comandante do 14º Batalhão da PM.
Zé de Boi Velho foi detido quando se encontrava com amigos em Aparecida. Ele responde a processo de improbidade administrativa por desvio de verbas públicas do Governo Federal em sua administração nos anos 90. O político se encontra a disposição da justiça federal na Colônia Penal de Sousa.
 
FONTE: BLOG RICARDO

DEPUTADO PARAIBANO FAZ REQUERIMENTO PARA SOLICITAR IMPLATAÇÃO DA UFCG, INCLUSIVE PARA O VALE DO PIANCÓ

A Câmara dos Deputados protocolou junto à Casa Civil da Presidência da República, nesta sexta-feira (17), requerimentos da autoria do deputado federal Wilson Filho (PMDB), junto ao Ministério da Educação.
Ao todo são 09 indicações, sugerindo a instalação de novos campi da Universidade Federal de Campina Grande, em cidades do Interior do estado, encaminhadas pelo presidente Marco Maia à ministra Gleisi Hoffmann.
Os municípios do Sertão indicados pelo parlamentar para serem beneficiados com os campi são: São João do Rio do Peixe, Taperoá, Princesa Isabel, Uiraúna, Itaporanga e Catolé do Rocha. Outros municípios estão na lista do deputado, como: Monteiro, Queimadas e Esperança.
Motivo
Nas justificativas, o parlamentar paraibano chama a atenção do Governo Federal para o grande percentual de nordestinos que ainda vivem no campo, na ordem de mais de 20 milhões de crianças e jovens.
“Essas informações corroboram a nossa certeza de que o Poder Público tem por missão urgente e da mais alta relevância investir na formação dos jovens nordestinos, em particular, os do meu Estado, a Paraíba”, enfatiza Wilson Filho
Oportunidades
De acordo com o deputado, “o governo deve garantir que as oportunidades de qualificação sejam acessíveis a todos, inclusive aos que vivem fora dos centros urbanos e que se encontram fora do sistema educacional público e de qualidade”.
Wilson Filho finaliza seus argumentos em favor dos novos campi no interior da Paraíba argumentando que “a continuidade da expansão da UFCG contribuirá para que essas instituições, por meio das atividades de ensino, pesquisa e extensão, continuem a atuar na solução de problemas, na transformação das realidades locais e no crescimento socioeconômico da Paraíba como um todo”.

" PARABÉNS DEPUTADO WILSON FILHO, PELA INICIATIVA."